Raridade: mulheres em posição de liderança

Presença feminina na política e na economia

Pode -se observar que as mulheres estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho. Às vezes a mulher até consegue alcançar altos cargos e assumir postos de chefia. É claro que, ainda hoje, a mulher encontra mais dificuldades do que seus colegas do sexo masculino, o que é visível não apenas no imaginário de muitas pessoas, mas também na realidade de muitas empresas. No entanto, as mulheres estão avançando e chegando lá — também na política. As mulheres envolvidas na liderança e na política podem recorrer a grandes exemplos do passado. Já na Bíblia podemos ver o relato de mulheres que se engajam e puxam a frente, que lutam e planejam, que governam e lideram, e também que se deixam levar pela sua ambição de poder. Num mundo dominado pelos homens, elas estabelecem suas armas bem particulares e, na maioria das vezes, são coroadas com êxito. Assim elas nos oferecem um exemplo de emancipação feminina, já em tempos antigos.

 “Sua majestade, a rainha”
A rainha de Sabá visita Salomão

No primeiro livro dos Reis somos apresentados à rainha de Sabá, outra impressionante personalidade feminina do âmbito político do Antigo Testamento. Nós podemos imaginar a sua imponente aparição, com uma presença muito mais marcante do que qualquer dama da alta sociedade. Com pompa e esplendor, enfeitada com ouro e pedras preciosas, envolta numa nuvem sedutora de perfumes, ela viaja da Arábia para fazer uma visita real ao seu colega Salomão. Por meio de perguntas enigmáticas, um jogo popular da sociedade daquele tempo, a rainha quer testar a mundialmente conhecida sabedoria de Salomão. É um prodígio que Salomão consiga manter o foco e assim resolver todos os enigmas, mesmo diante dessa majestosa aparição. (1Reis 10.1-13)

A rainha de Sabá ouviu falar da fama de Salomão e foi até Jerusalém a fim de pô -lo à prova com perguntas difíceis. Ela chegou com um grande grupo de servidores e também com camelos carregados de especiarias, pedras preciosas e uma grande quantidade de ouro. Quando se encontrou com Salomão, ela lhe fez todas as perguntas que pôde imaginar. Ele respondeu a todas; não houve nenhuma que fosse difícil demais para ele responder. A rainha de Sabá ouviu a sabedoria de Salomão e viu o palácio que ele havia construído. Ela viu a comida que era servida na mesa dele, viu os apartamentos dos seus altos funcionários, a organização do pessoal que trabalhava no palácio e os uniformes que eles usavam. Viu os empregados que o serviam nas festas e os sacrifícios que ele oferecia no Templo. Isso tudo a deixou de boca aberta e muito admirada. Então ela disse ao rei Salomão:

— Tudo aquilo que eu ouvi no meu país a respeito de você e da sua sabedoria é, de fato, verdade. Porém eu não pude acreditar até que vim e vi com os meus próprios olhos. Acontece que não tinham me contado nem a metade. A sua sabedoria e a sua riqueza são muito maiores do que ouvi dizer. Como são felizes as suas esposas! Que sorte têm os seus servidores, que estão sempre ao seu lado e Uma rainha sanguinária | 19 | têm o privilégio de ouvir os seus sábios provérbios! Bendito seja o SENHOR, seu Deus, que ficou tão contente com você, que o tornou rei de Israel! O amor dele por Israel é eterno; por isso, ele o tornou rei de Israel, para que você possa manter a lei e a justiça.

Ela entregou ao rei os presentes que havia trazido: mais de quatro mil quilos de ouro e uma grande quantidade de especiarias e pedras preciosas. Nunca mais veio uma quantidade tão grande de especiarias como a que a rainha de Sabá deu a Salomão.

(Os navios de Hirão, que haviam trazido ouro da terra de Ofir, também trouxeram de lá uma grande quantidade de madeira de sândalo e pedras preciosas. Salomão usou a madeira para fazer corrimãos para o Templo e para o palácio e também fez harpas e liras para os músicos. Foi a primeira vez que se viu essa madeira em Israel, e até hoje nunca mais se viu ali madeira igual àquela.)

O rei Salomão deu à rainha de Sabá tudo o que ela quis e pediu, além de todos os outros presentes de costume. Então a rainha e os seus servidores voltaram para Sabá, a sua terra.

*Texto retirado da publicação Histórias de Mulheres da Bíblia
da Sociedade Bíblica do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *