Abraão capta o que vê

Texto bíblico para meditação: Gênesis 12.1 – 22.4

Enquanto os seguidores se concentram nos desafios imediatos que lhes aparecem, líderes veem o que está bem mais adiante. Eles sonham os sonhos não apenas do que pode acontecer agora, mas também do que poderá acontecer no próximo ano, na próxima década, até mesmo na próxima geração.

Quando Deus disse a Abraão para deixar o conforto do seu lar em Harã, seus parentes e tudo mais que lhe era familiar, para recomeçar a vida em outra terra (Gn 12), Abraão captou uma visão. Deus deu a Abraão a esperança de ser pai de uma grande nação; na verdade, Deus disse que Abraão se tornaria pai de muitas nações! Abraão sentiu-se impulsionado para seguir essa grande visão, mesmo quando não possuía nenhuma evidência em que se apoiar.

Lições de Abraão sobre a visão

Observando Abraão em Gn 12—22, podemos aprender o fundamento para uma visão dada por Deus. Uma visão deve:

1. Começar com as prioridades de Deus (Gn 12.1-2). Deus deu início à visão, não Abraão. Quando líderes compreendem que a visão pertence a Deus, eles podem mais facilmente manter a direção e conservar puros os seus motivos.

2. Estar ligada à identidade do líder (Gn 15.2-4). A visão recebida por Abraão serviu com exatidão para ele e sua esposa, Sara; ela preencheu as necessidades e desejos desse casal estéril. Mais do que isso, seu cumprimento beneficiaria outros.

3. Incluir outros (Gn 12.2-3). Uma visão de Deus sempre envolve e abençoa outros. O Senhor disse a Abraão que ele seria abençoado a fim de abençoar muitas nações, o que se cumpriu com exatidão através do nascimento de Cristo, muitas gerações mais tarde.

4. Ser maior do que o líder (Gn 17.1-8). Enquanto Abraão queria arranjar um filho para ser herdeiro, Deus quis que ele fosse pai de nações. A esperança foi muito além dos sonhos mais ousados de Abraão (e de suas próprias capacidades). Essa grandiosa visão exigiria mais tempo para se cumprir do que a duração da vida de uma pessoa.

5. Estar ligada às convicções mais profundas do líder (Gn 18.9-12). A visão que conquistou o coração de Abraão espelhava os seus valores mais fortes, inclusive o seu desejo de ter uma família e uma terra.

6. Ser tangível e facilmente comunicável (Gn 15.5). Deus deu a Abraão um quadro tangível de sua visão: “Olhe para a areia na praia do mar”, Deus disse, “e para as estrelas no céu”. Esses objetos serviram como recursos visuais para Abraão emoldurar e completar a visão.

7. Ter valor eterno (Gn 17.19-20). A visão de Abraão foi muito além do tempo de sua vida na terra e incluiu muito mais do que riqueza e fama. Sua visão afetaria o destino eterno de milhões.*

*Bíblia da Liderança Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil

7 comments

  1. Mayara

    Obrigada por compartilharem esses devocionais, realmente muito edificantes para aprofundarmos os estudos da Palavra.

    Deus abençoe 🙂

  2. Benildo paiva gomes

    Excelente atitude da sbb, parabéns tem me ajudado muito na ministração da palavra 🙏

  3. Everton Honorato

    Obrigado por compartilhar estes textos, está fazendo a diferença na minha vida.

  4. Vanderlei

    Tenho aprendido e edificado com os textos compartilhados, obrigado.

  5. Julio Cesar Rodrigues

    Quero agradecer a sbb por essa iniciativa. Meus Parabéns! Com certeza que enriqueceremos com esse estudo e ficaremos aptos a compartilhar com outros irmãos. Excelente!!!

  6. Marizane Frizon Brando

    Obrigado pelos estudos! Tenho aprendido muito! Deus abençoe grandemente

  7. Gilmar Cardoso

    Muito bom, é dessa tecnologia que a população precisa. Que edifica verdadeiramente

Deixe uma resposta para Everton Honorato Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *